Blog

COMPLEXO DA SALGADEIRA MOVIMENTA SETOR TURÍSTICO EM MT

A expectativa da empresa para os próximos meses é fazer novos investimentos no parque com novas atrações , com isso aumentar ainda mais o número de visitantes.

Após oito anos fechada o Complexo Turístico da Salgadeira localizado na margens da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães (65km, de Cuiabá), foi reinaugurado e está movimentando o setor turístico do Estado.
Considerado um dos principais pontos turísticos de Mato Grosso, o parque passou por uma ampla reforma após a formalização de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), fi rmado entre o Governo de Mato Grosso e o Ministério Púbico Estadual com homologação do poder Judiciário, no ano passado, onde foi liberado o banho no parque, após a aprovação do processo de licenciamento ambiental pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).
O novo projeto da Salgadeira envolveu um estudo econômico, cultural e ambiental, onde foi levado em consideração o carinho da população pelo local, que é considerado um dos principais pontos turísticos do Estado.
Entre as inovações estão o restaurante, um minimuseu, uma loja de souvenir, um posto policial, um mini auditório, área administrativa, playground, paisagismo e duas guaritas.
Além de uma estação de tratamento de esgoto, 24 postes de oito metros de altura, com lâmpadas de LED movidas à energia solar e a implantação de 540 metros de trilhas metálicas, por onde os visitantes irão andar durante o passeio para evitar o contato com o solo e, consequentemente, sua depredação.
O local também tem mirantes, rampas e portas que permitem acesso de pessoas com defi ciência. Além de estacionamento com 100 vagas para veículos, sendo cinco para ônibus, 84 para carros, além de 10 reservadas ao administrativo do complexo.
Ao todo o parque recebeu investimento de R$ 12,6 milhões, e envolveu um estudo econômico, cultural e ambiental.
Em apenas dois meses, o Complexo Turístico da Salgadeira recebeu 23 mil visitantes, 28% do total de turistas que estiveram nas principais atrações de Chapada dos Guimarães entre janeiro e junho de 2018o, 79.988.
Os dados são da publicação Turismo em Números, realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Para o secretário titular da Sedec, Leopoldo Mendonça, o sucesso do Parque está ligado ao modelo de gestão, que trouxe melhoria da qualidade e no conforto aos usuários, sem a prática de preços abusivos.
“A população estava ansiosa para utilizar a área e tem avaliado de forma positiva as mudanças”, destaca secretário.
O governo fez uma licitação para contratação de uma empresa concessionária, que é responsável pela manutenção, investimentos extras, limpeza, segurança e demais serviços, sendo que em troca, terá o direito de explorar os restaurantes, estacionamentos, banho e atrativos em geral.
A empresa vencedora foi LB Steak House e assinou contrato com o Governo do Estado por 10 anos podendo ser prorrogado pelo mesmo período.
“A princípio optamos por não cobrar entrada pelo banho e os preços dos restaurantes e estacionamento são acessíveis”, declara o representante da concessionária Bruno Souza Pereira Batata. Segundo Bruno nem todos os turistas que passam pelo parque são banhistas, a maioria deles prefere as trilhas e contemplação das áreas do complexo como restaurantes e áreas de entretenimento.
Segundo Bruno a expectativa da empresa para os próximos meses é fazer novos investimentos no parque com novas atrações, com isso aumentar ainda mais o número de visitantes.
“Estamos com novos projetos, que já estão em andamento. Iremos investir em eventos, como: luau, shows, teatro, danças. Estamos tentando também viabilizar uma Mini Pousada para os clientes. Outro projeto nosso é abrir durante a noite aos finais de semana”, dispara Bruno.
Para o empresário, a Salgadeira que já era um dos principais pontos turísticos do Estado, vai ganhar ainda mais destaque a partir de agora. “A Salgadeira tem muito a crescer ainda e a população está gostando da nossa gestão. Mas muitas pessoas ainda não conhecem ou nem sabem que está aberto”, conta Bruno.
O representante da LB Steak House, afirmou que a empresa está focada na divulgação do parque. Segundo Bruno estão sendo desenvolvidas várias estratégias de marketing para fomentar o Complexo Salgadeira.

Preços

A entrada no Complexo é gratuita. Nos dias atuais o parque abre de terça-feira a domingo das 08h às 18h.
Para aqueles que forem visitar o parque, o estacionamento custa R$ 10,00 o dia todo. Quem for de ônibus tem ponto de parada em frente ao Complexo.
O restaurante conta com menu completo para todos os gostos e bolsos. “Em nosso cardápio temos várias opções que vão de pratos individuais a uma panela de galinha com arroz, que custa R$ 69 e atende até 4 pessoas”, cita Bruno. No local ainda é há opções de lanches, sucos e picolés.
Bruno destaca ainda que o banho não está sendo cobrado. A liberação foi possível após a aprovação do processo de licenciamento ambiental da SEMA, que atende a critérios de carga, que contemplam no máximo 45 banhistas simultaneamente em dois pontos situados na margem direita da rodovia. Para haver um incremento no número de banhistas, precisará de novo parecer técnico e anuência do órgão ambiental.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Fechar
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios